Agente Funerário é preso acusado de pedofilia em Nova Londrina (PR)

valdecir

Sob a acusação de pedofilia, o agente funerário Valdecir, funcionário de uma funerária do município da comarca de Nova Londrina, foi preso na casa em que mora em anexo a empresa. A prisão foi efetuada pelo Delegado da Policia Civil, Drº Clóvis Papa e mais um investigador. Na operação estava presente membros do Conselho Tutelar de Nova Londrina. 

Investigado desde meados de Julho pelo Conselho Tutelar, devido a várias denúncias, Valdecir  foi detido, nesta sexta-feira, 13, por volta das 19h30, na residência em anexo a empresa que trabalha. A ação se deu em cumprimento de mandado de prisão expedido pela promotora de Justiça em exercício na Comarca.

Segundo uma fonte que é pai de uma das crianças envolvidas, mas preferiu ficar no anonimato, na casa do acusado, foram apreendidos o computador que era utilizado para manter contato com as crianças via facebook, foram apreendidos também um celular que era usado para trocar mensagens com os púberes e cd´s que estavam dentro do cofre da empresa.

O agente funerário Valdecir, já preso na cadeia pública de Nova Londrina

O agente funerário Valdecir, já preso na cadeia pública de Nova Londrina tirada pelo celular – Fonte – Direto para redação

O acusado foi enquadrado no Art. 217-A (Estupro de Vulnerável). Oficialmente 06 menores teriam dado depoimentos, uma fonte relata que foram ouvidas 20 infantes, e suspeita-se que o numero pode se chegar a 50. 

“Fizemos as buscas e apreensões em sua residência, e obtivemos provas das denúncias feitas por diversas meninos em depoimento”, disse o Diretor da Divisão da Criança e Adolescente, Claudio Molina quando procurado por nossa reportagem. Molina não nos forneceu detalhes da operação para não atrapalhar no andamento das investigações, mas fez um apelo que se houver outros casos que acionem o conselho tutelar pelo celular de plantão (44)8850-9069.

Mais informações logo mais com entrevista do Diretor da Divisão da Criança e Adolescente.